Zimbro - Juniperus communis.

Zimbro é uma designação comum, incluindo para fins comerciais, dada às pinhas modificadas (ou cones femininos) produzidos por diversas espécies do género Juniperus, o qual inclui os zimbros e juníperos. Do ponto de vista botânico a estrutura é um gálbulo, um pseudofruto, e não uma verdadeira baga. 

Características


Trata-se de um estróbilo típico das coníferas, mas cujas escamas estão profundamente modificadas e transformadas em estruturas carnudas e coalescentes, o que os transforma em verdadeiras pseudo-bagas. Este tipo de estrutura é característico de um conjunto reduzido de espécies, entre as quais Juniperus communis, sendo utilizado desde os tempos imemoriais como especiaria, particularmente na cozinha do noroeste europeu e na cozinha dos povos ameríndios da América do Norte. As bagas são também utilizadas para dar aroma e cor a diversas bebidas destiladas, entre as quais os gins. De acordo com a FAO, as bagas de zimbro são a única especiaria derivada de coníferas.

O Zimbro também é conhecido como cedro, junípero, genebreiro, junípero comum ou zimbrão, que produz frutos redondos e azulados ou negros. Os frutos são também conhecidos como bagas de zimbro e são ricos em óleos como o mirceno e o cineol, além de flavonóides e vitamina C, sendo utilizados para tratar vários problemas de saúde.

Efeitos Medicinais.

Um dos principais benefícios do zimbro são as suas propriedades digestivas. Para quem não sabe, o alimento funciona como uma espécie de "remédio caseiro" para a digestão e, se consumido sob a forma de chá, pode ajudar a diminuir a acidez do estômago, prevenindo problemas como gastrite, úlcera, azia e refluxos.

O zimbro também possui propriedades que podem ajudar a tratar acnes e vários problemas de pele, como alergias. Ele possui ação antimicrobiana, antisséptica, anti-inflamatória e diurética, atua na eliminação de toxinas (por ser um alimento detox) e pode, inclusive, melhorar a respiração, ajudando a evitar o acúmulo de catarro nas vias respiratórias e diminuindo a recorrência de problemas como asma e bronquite.

Possíveis Efeitos Colaterais

O zimbro é seguro para a maioria dos adultos quando consumido por curto período de tempo, quando inalado na vaporização ou usado sobre a pele em pequenas áreas. Entretanto, se o zimbro for consumido em quantidade excessiva ou por mais de 6 semanas, pode causar problemas respiratórios e renais, irritação dos intestinos, da bexiga ou da pele, dificultar o controle da pressão sanguínea em casos de hipertensão ou reduzir muito os níveis de açúcar no sangue causando crise de hipoglicemia em diabéticos. Além disso, o zimbro pode causar aumento de contrações uterinas e aborto.

Deve-se procurar ajuda médica imediatamente ou o pronto socorro mais próximo se apresentar sintomas de intoxicação pelo zimbro, como dificuldade para respirar, náuseas, vômitos ou convulsões.

Fontes:

https://www.tuasaude.com/

https://vitat.com.br/

https://pt.wikipedia.org/


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Boa-noite - Catharanthus roseus.

Algumas flores encontradas no Nordeste.

Xique-Xique (Pilocereus gounellei)