Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2019

Cebola e Alho Podem Reduzir o Risco de Câncer

Imagem
Mas uma vez compartilhamos interessante artigo do site megacurioso.com.br. O artigo mostra uma forma fácil de reduzirmos os riscos de contrairmos uma doença que pode afetar qualquer órgão ou tecido do corpo e que surge a partir de um erro que ocorre na divisão das células do corpo, dando origem a células anormais - O Câncer

Quem conhece a culinária porto-riquenha sabe que cebola e alho têm presença garantida em diversos pratos e, mais do que isso, são base para alguns dos mais famosos, como o sofrito — uma mistura de temperos que, por sua vez, pode ser utilizada em diversas outras receitas. Agora, um novo estudo encabeçado pelo estudante de doutorado em epidemiologia Gauri Desai, da Escola de Saúde Pública e Profissões de Saúde da Universidade de Buffalo, nos Estados Unidos, sugere que além de saborosos, os dois ingredientes são capazes de diminuir o risco de câncer entre as mulheres porto-riquenhas. “Descobrimos que a ingestão combinada de alho e cebola, muito comum entre as mulheres p…

Acelga Arco-ires - Beta vulgaris subsp. cicla var. flavescens 'Bright Lights'

Imagem
A Acelga Arco-íris é uma hortaliça comestível e ornamental. É uma planta atraente para hortas devido ao seu colorido. As cores são devidas a pigmentos vegetais chamados betalaínas. As betalains são encontradas apenas em plantas pertencentes à ordem Caryophyllales e, curiosamente, o gênero de fungos Amanita.
Nas folhas propriamente ditas são apenas dois tons: verde ou vinho. Já as nervuras e os talos chamam a atenção de longe por, conforme o cultivar da herbácea, serem brancos, amarelos, cor-de-rosa, laranja e até vermelhos. Independentemente da opção escolhida, uma coisa é certa: a acelga-ornamental não passará batida.
Valor Nutricional Rica em antioxidantes e nutrientes como o cálcio e magnésio, a acelga-ornamental fica uma delícia crua em saladas; refogada com outros legumes e hortaliças; no recheio de tortas e massas; e até substituindo a couve nos tradicionais charutinhos da culinária árabe.
Cultivo
A acelga é fácil de cultivar e incrivelmente rica em nutrientes. Se deixada no chã…

Bacaba - Oenocarpus bacaba

Imagem
Classificação científicaReino:Plantae
Divisão:Magnoliophyta
Classe:Liliopsida
Subclasse:Commelinidae
Ordem:Arecales
Família:Arecaceae
Tribo:Areceae
Subtribo:Euterpeinae
Género:Oenocarpus
Espécie:O. bacaba

A bacaba, bacaba-açu ou bacaba-verdadeira (Oenocarpus bacaba) é uma palmeira nativa da Amazônia. Distribui-se por toda Bacia Amazônica, com maior freqüência no Amazonas, Pará, Acre, Tocantins e no sul do Maranhão. É bastante utilizada em construções rústicas e no paisagismo da região norte.

Possui como habitat a mata virgem alta de terra firme. Também se acha na floresta do Pacífico, no oeste da Colômbia. É uma palmeira monocaule de porte alto e estipe liso. Pode atingir até 20 metros de altura e 20 a 25 cm de diâmetro.

As folhas das bacabeiras são pinadas (como penas), sendo os folíolos emitidos na nervura central.


As inflorescências têm ráquila (eixo central) ramificada, de onde desabrocham as flores. Suas flores amareladas ou avermelhadas são unissexuadas e na proporção de uma feminina para du…

E se todos os insetos deixassem de existir?

Imagem
O Natureza Bela traz hoje uma importante reflexão proposta pelo site Megacurioso. E se todos os insetos deixassem de existir? Se você, assim como a maioria das pessoas, já desejou que todos os insetos desaparecessem da face da Terra — especialmente naquelas noites quentes em que os pernilongos não deixam você dormir —, saiba que a sua vida e a de outros seres vivos complexos seria muito pior sem eles! Mas, antes, que tal saber um pouco mais sobre esses bichos? Os insetos compreendem o mais diverso grupo de organismos presentes no planeta, e até o momento existem cerca de 900 mil espécies catalogadas — o que significa que eles representam 80% de todas as espécies que conhecemos. Sem falar que muitos bichinhos não foram descritos ainda pela Ciência, e os entomólogos acreditam que o número de espécies pode chegar a 30 milhões e que existem 10 quintilhões deles vivendo conosco! Malvados?Sim, alguns bichinhos são pra lá de irritantes mesmo, e outros tantos tocam o terror nas fazendas destruin…