Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2014

Maracujá do Mato - Passiflora cincinnata.

Imagem
Trago hoje mais uma fruta que conheci na minha infância, o Maracujá do Mato .  Hoje praticamente já não se encontra mais. O  Maracujá do Mato, t ambém conhecido como Maracujá da Caatinga, é uma fruta nativa do semiárido nordestino. É resistente à seca e também a uma série de pragas que atingem o maracujá comum, infelizmente não ela não é resistente à devastação da caatinga. Sinonímia e Botânica. Planta também conhecida popularmente como maracujá-mochila, maracujá-tubarão, mas seu nome científico é Passiflora cincinnata. Essa espécie pertence à família Passifloraceae e apresenta ampla distribuição na América do Sul, sendo registrada do leste do Brasil até o oeste da Bolívia, ocorrendo em principalmente na caatinga, mas também encontrada em floresta estacional e cerrado. Características. Sua casca é esverdeada e sua polpa branca, onde se escondem dezenas de sementes. O sabor da polpa é mais marcante em termos de doçura, mas também de acidez, do que o maracujá comum,

Conheça a árvore mais sinistra do planeta!

Imagem
Saiba mais sobre a planta que aparece no Guinness Book como a mais perigosa do mundo. Não é novidade que na natureza existe uma enorme variedade de plantas venenosas capazes de provocar a morte de quem não tiver cuidado e acidentalmente — ou não — entrar em contanto com elas. No entanto, você sabe dizer qual é a árvore mais perigosa do planeta? De acordo com o site  Oddity Central , quem detém esse sinistro título é a  Hippomane mancinella , uma planta nativa da Flórida, Caribe e Bahamas conhecida por lá como “manchineel”. Fonte da imagem:   Reprodução/Wikipédia Segundo a matéria, a manchineel produz pequenos frutos tóxicos que foram “carinhosamente” apelidados por Cristóvão Colombo de  manzanillas de la muerte graças à aparência parecida com a de maçãs. E olha que as frutinhas não são a parte mais perigosa da planta! Embora o consumo das  manzanillas  signifique uma visita certa ao hospital, uma única gota da seiva da manchineel pode provocar queimaduras, irritação, surgimento

7 espécies de animais incríveis descobertas em 2013.

Imagem
Saiba um pouco mais sobre alguns bichos que foram identificados no decorrer do ano Como você pode ver aqui no  Mega Curioso , o ano de 2013 foi palco de  inúmeros avanços na Ciência . Mas, além daqueles relacionados com a medicina, genética, geologia, astrofísica etc., no decorrer do ano, a  biologia  também ganhou bastante destaque, especialmente com a descoberta de diversas novas  espécies de animais ao redor do planeta. Portanto, confira a seguir sete bichinhos que foram identificados cientificamente este ano: 1 – Olinguito Fonte da imagem:   Reprodução/Smithsonian.com O bichinho acima foi considerado como a  descoberta animal mais famosa do ano , e foi a primeira espécie de mamífero carnívoro a ser identificada nas Américas desde 1978. Seu nome científico é  Bassaricyon neblina , mas os cientistas resolveram inventar um apelido meio estranho para a criatura, que ficou conhecida como “Olinguito”. 2 – Pretinha Fonte da imagem:   Reprodução/Scientific American Outra de

Espinheira-santa - Maytenus ilicifolia.

Imagem
Botânica Nome científico:   Maytenus ilicifolia Nome popular: espinheira santa, cancerosa-de-sete-espinhos, cancrosa, contorça, maiteno, salva-vidas, sombra-de-touro, erva-santa. Outros Nomes: Sin. Maytenus angustior, Maytenus muelleri, Maytenus hassleri, Maytenus spinifolium Família: Celastraceae  Parte usada:   folhas Origem: sul e sudeste do Brasil Princípios ativos Taninos, flavonóides, mucilagens, terpenos (maitensina, maitomprina, maitambutina, e maitolidiana) e sais de ferro, enxofre, sódio e cálcio. Ação da Espinheira-santa Possui uma propriedade tonificante (por reintegração das funções estomacais); Potente ação anti-úlcera gástrica (tanino); Cicatrizante de lesão ulcerosa; Potente ação sobre fermentações gastrintestinais (devido à ação anti-séptica); Age sobre o fígado (devido às perturbações intestinais); Acalma as gastralgias (devido ao estímulo e correção das funções). Indicações Tonificante, anti-úlcera, carminativa, cicatriza

Conheça alguns dos animais mais coloridos da natureza!

Imagem
Algumas das espécies mais exóticas da vida selvagem dão um show de beleza e enchem nossos olhos com cores fascinantes. Quem acompanha o Mega Curioso sabe que gostamos de ficar por dentro de espécies inusitadas de animais. E como a beleza das cores desses bichos também merece destaque, já passaram por aqui a  aranha-pavão  e a  lagosta mantis . Na lista que você confere abaixo, os animais são ainda mais coloridos. São espécies exóticas que se destacam pela raridade de sua pele, penas ou escamas. Aves, répteis, insetos e criaturas marinhas são responsáveis por um verdadeiro espetáculo de cores como você nunca viu. Confira cada um dos animais e nos conte nos comentários se você conhece mais alguma espécie repleta de cores que poderia fazer parte dessa lista. 1) Camaleão-pantera Fonte da imagem:   Reprodução/Shutterstock Nome científico: Furcifer pardalis Habitat:  Regiões leste e norte de Madagascar Curiosidades:  Os camaleões são comumente conhecidos por mudarem de cor co

Sensacionais borboletas e seus ovos!

Imagem
Callophyrus rubi  e  Carcharodus alceae Dryas iulia  e  Erynnis tages Leptidea sinapis  e  Lycaena dispar Parargea egeria  e  Lycaena phlaeas Lycaena hippothoe  e  Lysandra coridon Neozephyrus quercus  e  Pieris brassicae Polygonia album  e  Polymmatus icarus Lysandra bellargus  e  Heliconius charithonia   Veja também: As 10 Flores mais bonitas do mundo Fonte:  http://diariodebiologia.com

Pesquisadores descobrem que estruturas vegetais são rígidas como o aço

Imagem
Os estudos ainda estão em fase inicial, mas tudo indica que os nanocristais de celulose poderão ser usado para reforçar plástico e concreto. Estudos e pesquisas recentes indicaram que o grafeno seria o material do futuro. Porém, uma  nova descoberta  dos cientistas da Purdue University, nos Estados Unidos, pode colocar mais um concorrente na lista de materiais do novo milênio. A grande descoberta da equipe de pesquisadores é que os minúsculos cristais de celulose que constituem árvores e plantas são tão rígidos quanto o aço. Cálculos utilizando modelos precisos baseados na estrutura atômica da celulose mostraram que esses cristais podem aguentar até 206 gigapascals, o que nos permite compará-los ao aço. “Esse é uma material que está revelando propriedades realmente incríveis. É abundante, renovável e é um dos resíduos da indústria do papel”, explica Pablo D. Zavattieri, professor de Engenharia Civil na instituição americana. Pequenas estruturas Fonte da imagem:  Reprodução