Dragões Voadores Realmente Existem??

Por centenas de anos, os humanos ficaram maravilhados com seres mitológicos incríveis como os dragões. Existem lendas sobre essas criaturas fantásticas que cativaram milhões de pessoas ao longo da história. Infelizmente, os dragões como os imaginamos não existem, mas a natureza nos surpreende com um gênero de animais que se assemelha muito aos dragões.


Draco é uma gênero de lagartos da família Agamidae, vulgarmente chamados dragões-voadores, que se distinguem pelas suas membranas em forma de “asa” que lhes permitem planar de árvore em árvore. Esses lagartos vivem nas árvores das florestas tropicais do sudeste da Ásia.

Linnaeus atribuiu o nome a este gênero a partir da palavra latina para os dragões mitológicos.

Esses animais maravilhosos têm de 20 a 25 centímetros de comprimento. Possuem membranas nas laterais do tronco que lhes permitem deslizar de árvore em árvore. Os Draco são arborícolas insectívoros e, embora não sejam capazes de voo auto-propulsionado, conseguem planar distâncias até 60 metros, perdendo apenas 10 metros em altura, o que é uma distância considerável levando em consideração o seu tamanho.

A dieta dos répteis desse gênero é baseada principalmente em insetos, principalmente formigas arbóreas.

O dragão-voador macho usa suas membranas dobráveis para chamar a atenção da fêmea e, assim, iniciar o processo de cortejo.

A única ocasião em que um destes lagartos se aventura no chão é quando uma fêmea está pronta para pôr os ovos - ela desce da árvore onde está e faz um ninho cavando um buraco no chão com a cabeça; então põe entre 3 e 5 ovos e volta a encher o buraco. Ela vigia o ninho durante cerca de 24 horas mas depois abandona-o e não tem mais nenhum contacto com as suas crias.


As cores e características de cada dragão voador variam de acordo com a espécie, mas todas possuem peculiaridades que os tornam únicos.



Fontes:

https://www.contioutra.com

https://pt.wikipedia.org

https://nation.com.mx

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Boa-noite - Catharanthus roseus.

Xique-Xique (Pilocereus gounellei)