Lindos Pássaros Com As Mais Exuberantes e Coloridas Plumagens

Imagem
Um vídeo impressionante de diversos pássaros exibindo suas belíssimas plumagens coloridas está deixando os internautas boquiabertos! “Pássaros coloridos”, diz a legenda compartilhada junto com o clipe no Instagram. O vídeo, publicado há alguns dias, já recebeu mais de 100 milhões de visualizações, além de mais de 7 milhões de curtidas e milhares de comentários de internautas que ficaram impressionados com a beleza das aves. “Oh meu Deus, que beleza”, disse um usuário do Instagram. “Não há artista maior que Deus”, afirmou outro. “Mesmo com efeitos, são especiais”, comentou um terceiro internauta. “Criação divina é algo que esta além da nossa compreensão, tudo perfeito”, escreveu mais um. De acordo com o site Pet Helpful, a araracanga, também conhecida como arara-escarlate, é um dos pássaros mais coloridos do mundo. Nativa da América do Sul, essa arara de grande porte exibe cores vermelhas, amarelas e azuis muito proeminentes em suas plumagens. Fontes:  MSN | Hotmail, Notícias, Famosos,

Jabuticaba - Myrcia cauliflora Berg



Nome popular: jabuticabeira; jabuticaba-preta 
Nome científico: Myrcia cauliflora Berg 
Família botânica: Myrtaceae
Origem: Brasil - Mata Atlântica.

A jabuticabeira, mirtácea, espontânea em grande parte do Brasil, mais comum em Minas Gerais, Espirito Santo, Rio de Janeiro, São Paulo e Paraná, encontradiça noutras, como Bahia, Pernambuco, Paraíba, Pará, Ceará, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Goiás e Mato Grosso, a jabuticabeira, a magnífica jabuticabeira é uma árvore de tamanho médio, porte piramidal, belíssima. Folhas opostas, lanceoladas, vermelhas quando novas. Flores brancas e sésseis.
Frutifica fartamente, pois se cobrem de frutos o tronco, os galhos não raro até as raízes descobertas.

A jabuticaba, fruta brasileira por excelência, é uma baga redonda ou arredondada, em regra roxo - escura, com polpa esbranquiçada doce, saborosíssima, envolvendo 1 a 4 sementes. Também há jabuticabas "listradas de roxo ou vermelho, quase negro, com listras roxas ou vermelhas ". E as há também verde-claras e verde-bronzeadas.

Variedades


A fitografia da jabuticabeira, produtora de uma das melhores frutas do mundo, ainda está um tanto confusa. Barbosa Rodrigues, por exemplo, cita duas espécies de Myrciaria: Myrciaria jaboticaba, com frutos pequenos de pedúnculo escuro e Myrciaria cauliflora, com frutos grandes e sésseis.
Há quem encontre três espécies: Myrciaria cauliflora, Myrciaria trunciflora e Myrciaria jaboticaba.
De todas as variedades anteriores a mais aceita é a Myrciaria cauliflora e todas sua espécies, tais como:
Colmeia: O melhor dos blogs
Jabuticaba Sabará:
A mais apreciada e doce das jabuticabas e a mais intensamente plantada.
É de crescimento médio mas muito produtiva. Frutos miúdos, de epicarpo fino, muito saborosos. Maturação precoce. 

Jabuticaba Paulista: 
De maior porte do que a anterior e de grande produção. Fruto grande e coriáceo. A maturação é um tanto tardia. Jabuticaba 

Jaboticaba Rajada: 
Assemelha-se as anteriores em crescimento e produção. Os frutos são grandes, muito doces e muito saborosos. A pele é verde bronzeada. Maturação mediana. 


Jabuticabeira Branca: 
Porte médio. Produz, fartamente, frutas grandes e deliciosas. São verde-claras. 


Jabuticabeira Ponhema:
É uma árvore de grande porte e extraordinária produção. O fruto é grande e de pele um tanto coriácea. Deve ser consumida quando bem madura. É a variedade mais apropriada a fabricação de geléias, doces e licores.


Climas e solos


Embora mais comum na grande região sudeste (Minas Gerais, Espírito Santo, Rio de Janeiro, Guanabara e São Paulo) é encontradiça, como já vimos, do Pará , onde a plantaram e é uma arvoreta, ao Rio Grande do Sul. No Ceará, cresce em algumas serras, como Ibiapaba e Baturité, em Pernambuco e Paraíba existe, embora raramente, no litoral e é mais freqüente, mais desenvolvida e produtiva nos planaltos e encostas da Borborema. 
Colmeia: O melhor dos blogs

Estes fatos mostram que a jabuticabeira tem uma extraordinária capacidade de adaptação a diversos climas. Não resta dúvida, porém, os sílico-argilosos e os argilo-silicosos profundos, férteis, bem drenados.

Multiplicação


É multiplicada por sementes, mergulhia, estaquia enxertia. As sementes serão plantadas em canteiros bem cuidados. Para a estaquia escolhem-se galhos fortes, no início da primavera. Enterram-se três quartos das estacas, em canteiros feitos à sombra e bem úmidos. Usam-se os enxertos de borbulha e garfo em pés-francos de jabuticabeira.


Plantio e tratos culturais


A jabuticabeira é sensibilíssima ao transplantio. As mudas serão arrancadas, na época oportuna, com um grande torrão, em dias úmidos. Prepara-se a terra do futuro pomar com cuidados de praxe. Ara-se e gradeia-se. Faz-se uma adubação verde, se possível.

Abrem-se covas de 50cm nos três sentidos, com o compasso de 6 x 6 a 10 x 10 metros, conforme a variedade a plantar, o clima e a fertilidade do solo.
Na cova colocar-se-ão uns 20 litros de estrume de curral ou composto, misturado com aproximadamente 200 gramas de nitro-cálcio ou sulfato de amônio, 200 gramas de farinha de ossos, 100 gramas de superfosfato e 100 gramas de cloreto de potássio. Fazem-se as carpas indispensáveis, de preferência com o cultivador ou a grade de discos.


Nos primeiros anos, podem fazer-se culturas consorciadas, de preferência leguminosas e de pequeno porte, deixando-se sempre um grande espaço livre em torno de cada jabuticabeira. Prefiram-se o feijão, o amendoim a soja como culturas consorciadas.

Adubação
Reage muito bem ao adubos, principalmente aos adubos orgânicos. Seria aconselhável a seguinte adubação para a jabuticabeira adulta: estrume de gado ou de aves, bem curtido,10 a 20 litros; farelo de algodão; farelo de mamona ou farinha de sangue, 3 a 6Kg; farinha de ossos, 1 a 3Kg.

Pragas e moléstias


É atacada pelos insetos e fungos. O grande inimigo da jabuticabeira é o pulgão ceroso Capulina jaboticabae, Ih. Os ramos atacados serão raspados e pincelados com calda sulfo-cálcica ou algo equivalente.

Colheita



A jabuticabeira infelizmente cresce vagarosamente e custa a produzir. Mas a produção é vultosa nas jabuticabeiras grandes e bem adubadas. Raul de Faria diz ter visto jabuticabeiras enormes que produziam, em Petrópolis (RJ) e Sabará (MG), 100 caixas de 40 litros cada uma! E não tinham sido adubadas.
Colmeia: O melhor dos blogs

Receita - Geleia de jaboticaba




Ingredientes

  • Jabuticabas, mais verdes do que maduras, em qualquer quantidade;
  • Açúcar.

Observação
Para cada 3 litros de jabuticabas gasta-se (em média) 1 kg de açúcar.


Preparo
  • Lave bem as frutas e coloque-as, sem casca, numa panela. Acrescente água fria até cobri-las levemente.
  • Ferva até que a fruta fique cozida.
  • Coe através de um pano, sem espremer.
  • Numa panela grande e alta (de preferência esmaltada) coloque 4 xícaras (chá) do caldo e ferva por 5 minutos. Adicione 3 xícaras (chá) de açúcar e mexa até dissolver.
  • Uma vez levantada a fervura, mexa só de vez em quando.
  • Depois de 10 minutos de cozimento, teste o ponto. Coloque um pouco de geléia, numa colher, esfrie levemente e vire a colher. Se as gotas estiverem ralas, cozinhe mais um pouco.
  • A geléia estará no ponto quando as gotas ficarem pesadas e espessas. Geralmente, entre 15 a 20 minutos a geléia atinge o ponto.
  • Retire do fogo e coloque imediatamente em vidros quentes e já esterilizados. Feche-os e deixe descansar por 12 horas.
  • Conservar na geladeira.
 


Mais fotos




















Comentários

  1. Dear Costa,

    Thanks for your blog and your pictures. I am very fond of growing jaboticaba. Do you grow your own jabotica trees?

    Tomas

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação!

Postagens mais visitadas deste blog

Algumas flores encontradas no Nordeste.

Boa-noite - Catharanthus roseus.

Xique-Xique (Pilocereus gounellei)