Canela-de-ema - Vellozia Squamata Pohl



Família: Velloziaceae
Nome científico: Vellozia Squamata Pohl
Nome popular: Canela-de-ema
Porte: arbusto
Tipo de folha: simples
Filotaxia: rosulada (trística)
Látex: Não
Espinho ou acúleo: Não
Gavinhas: Não

Características: Arbusto hermafrodita, ereto, pouco ramificado, glabro. Ramos dicotômicos, cilíndricos, formados por nós concêntricos de bainhas fibrosas.

Folhas: aglomeradas no ápice dos ramos, sésseis, com bainha, limbo linear, pergaminhoso, rígido, ápice angusto, base carenada.

Flores: actinomorfas, aparentemente sésseis, perianto petaloide, lilás, infundibuliforme, 6 tépalas livres, oblongo lanceolados; estames 6, inseridos nas bases das tépalas; filetes filiformes; anteras rimosas, amarelas, basifixas, lineares; ovário ínfero, trilocular, com muitos óvulos axilares; estilete filiforme, triangular; estigma amarelo, capitado.
Colmeia: O melhor dos blogs
Floração: de março a junho.

Fruto: cápsula loculicida trivalvar, ocráceo, trígono-oblongoide, crustáceo, coberto de densos tubérculos espiniformes, coroado pelos lobos das tépalas.
Sementes: muitas, cuneiformes, castanhas. A germinação ocorre após seis dias e apresenta fotoblastismo positivo, isto é, a presença de luz branca a influencia significativamente.

Habitat e distribuição: ocorre no Campo Sujo, Cerradão Distrófico, Cerrado e em algumas partes da Caatinga nos estados do Ceará, Bahia, Paraíba, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, São Paulo e Distrito Federal.

Uso: planta ornamental, tanto pela beleza da folhagem, como pela coloração roxo-azulada das flores. Com potencial forrageiro, as folhas são muito selecionadas pelo gado bovino, em área de pastagem nativa da Caatinga e do Cerrado, principalmente na época da seca. Em artesanato, utiliza-se o caule pra montagem de arranjos florais. As fibras podem ser usadas para cordoaria ou sacaria.
 Colmeia: O melhor dos blogs
 
 Colmeia: O melhor dos blogs
 Colmeia: O melhor dos blogs
Colmeia: O melhor dos blogs
Fontes:

Bibliografia: ALMEIDA,S.P.; PROENÇA,C.E.B.; SANO,S.M.; RIBEIRO, J. F. Cerrado: espécies úteis. Planaltina: EMBRAPA-CPAC, 1998, xiii + 464p., págs. 381 a 384.

Comentários

  1. gostaria de saber melhor forma de cultivo da canela de ema?

    ResponderExcluir
  2. Belíssima planta desse Bioma incrível chamado Cerrado. Tenho encontrado bastante no Distrito Federal. Está em plena Floração em março abril 2021.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação!

Postagens mais visitadas deste blog

Boa-noite - Catharanthus roseus.

Algumas flores encontradas no Nordeste.

Xique-Xique (Pilocereus gounellei)