Pages

quarta-feira, 23 de janeiro de 2019

10 frutas que ajudam a emagrecer!

Uma boa estratégia para emagrecer e perder barriga é comer diariamente frutas que emagrecem, como morango, pera e melancia porque estas frutas contêm menos calorias do que as que o corpo precisa gastar na sua digestão e também contêm fibras e outras propriedades que ajudam o corpo a emagrecer.

Além de preferir o consumo destas frutas, também é recomendado fazer caminhadas, pelo menos 3 vezes por semana, porque assim há um aumento do metabolismo e o corpo acaba gastando as calorias que estão acumuladas em forma de gordura.

Trazemos hoje 10 frutas que, além de um grande valor nutricional, pode te ajudar a emagrecer:

01. Morango:

Morango (Fragaria) é considerado, na linguagem vulgar, como o fruto vermelho do morangueiro, da família das rosáceas. No entanto, em termos científicos não se pode considerar um fruto já que é constituído pelo receptáculo da flor original (composta), em volta do qual se dispõem os frutos (as sementes são visíveis sob a forma de grainhas).
O morango ajuda a emagrecer pois contém calorias negativas e além disso, é rica em ferro e em vitamina C, sendo um bom anti-inflamatório natural. 


Valor Nutricional
Calorias  136 kJ (30 kcal)
Carboidratos totais 7.68 g
Gorduras totais 0.3 g
Proteínas totais 0.67 g
Água 90.95 g
Vitaminas:
Tiamina (vit. B1) 0.024 mg (2%)
Riboflavina (vit. B2) 0.022 mg (2%)
Niacina (vit. B3) 0.386 mg (3%)
Ácido pantotênico (B5) 0.125 mg (3%)
Vitamina B6 0.047 mg (4%)
Ácido fólico (vit. B9) 24 µg (6%)
Colina 5.7 mg (1%)
Vitamina C 58.8 mg (71%)
Vitamina E 0.29 mg (2%)
Vitamina K 2.2 µg (2%)
Minerais:
Cálcio 16 mg (2%)
Ferro 0.41 mg (3%)
Magnésio 13 mg (4%)
Manganês 0.386 mg (18%)
Fósforo 24 mg (3%)
Potássio 153 mg (3%)
Sódio 1 mg (0%)
Zinco 0.14 mg (1%)

Valor nutricional para cada 100g


02. Banana:



Banana é uma pseudobaga da bananeira, uma planta herbácea vivaz acaule da família Musaceae (gênero Musa - além do gênero Ensete, que produz as chamadas "falsas bananas"). São cultivadas em 130 países. Originárias do sudeste da Ásia são atualmente cultivadas em praticamente todas as regiões tropicais do planeta.
A banana é rica em triptofano, tira o desejo de comer doces, sacia a fome. O numero de calorias depende do tipo e do tamanho da banana, podendo variar de 87 a 120 Kcal. A banana, quando consumida antes de malhar, diminui ainda o risco de cãibras, por ser rica em potássio. Ela também é ótima para o café da manhã, pois diminui a fome ao longo do dia. A banana assada no forno ou no micro-ondas com alguns cravos da índia constitui uma ótima sobremesa.



Valor Nutricional
Macrocomponentes:
Água (g) 74.26
Calorias(kJ) 385 (92 kcal)
Proteína (g) 1.03
Lipídeos (total) (g) 0,48
Carboidratos, por diferença (g) 23.43
Fibra dietética (total) (g) 2.4
Cinzas (g) 0.8
Minerais:
Cálcio, Ca (mg) 6
Ferro, Fe (mg) 0.31
Magnésio, Mg (mg) 29
Fósforo, P (mg) 20
Potássio, K (mg) 396
Sódio, Na (mg) 1
Zinco, Zn (mg) 0.16
Cobre, Cu (mg) 0.1
Manganês, Mn (mg) 0.15
Selênio, Se (μg) 1.1
Vitaminas:
Vitamina A (Retinol) 81 UI
Vitamina A (Retinol) 8 μg_RE
Vitamina B1 (Tiamina) 0,04 mg
Vitamina B2 (Riboflavina) 0,1 mg
Vitamina B3 (Niacina) 0,54 mg
Vitamina B5 (Ácido pantotênico) 0,26 mg
Vitamina B6 (Piridoxina) 0,57 µg
Vitamina B9 (Ácido fólico) 19,1 UI
Vitamina C (Ácido ascórbico) 9,1 mg
Vitamina E (Tocoferol) 0,27 mg_ATE


Valor nutricional para cada 100g

03. Maçã:



A maçã é o pseudofruto pomáceo da macieira (Malus domestica), árvore da família Rosaceae. É um dos pseudofrutos de árvore mais cultivados, e o mais conhecido dos muitos membros do género Malus que são usados ​​pelos seres humanos. As maçãs crescem em pequenas árvores, de folha caducifólia que florescem na Primavera e produzem fruto no Outono. A árvore é originária da Ásia Ocidental, onde o seu ancestral selvagem, Malus sieversii, ainda é encontrado atualmente.

A maçã ajuda a emagrecer pois é rica em antioxidantes, regula os níveis de colesterol e de triglicerídeos e ajuda na digestão. A maçã assada com canela ou cravo da índia contém poucas calorias, é deliciosa e é uma sobremesa muito nutritiva.


Valor Nutricional
Macrocomponentes:
Calorias 218 kJ (50 kcal)
Carboidratos totais 13,81 g
Gorduras totais 0,17 g
Proteínas totais 0,26 g
Água 85,56 g
Vitaminas
Vitamina A. 3 µg (0%)
Tiamina (vit. B1) 0.017 mg (1%)
Riboflavina (vit. B2) 0.026 mg (2%)
Niacina (vit. B3) 0.091 mg (1%)
Ácido pantotênico (B5) 0.061 mg (1%)
Vitamina B6 0.041 mg (3%)
Ácido fólico (vit. B9) 3 µg (1%)
Vitamina C 4.6 mg (6%)
Minerais
Cálcio 6 mg (1%)
Ferro 0.12 mg (1%)
Magnésio 5 mg (1%)
Fósforo 11 mg (2%)
Potássio 107 mg (2%)
Zinco 0.04 mg (0%)


Valor nutricional para cada 100g



04. Pera


A pera (Pyrus comunis)  é o fruto comestível da pereira, uma árvore do gênero Pyrus L., família Rosaceae, e uma das mais importantes frutas de regiões temperadas. 
A pera tal como a maçã tem origem na Ásia, provavelmente na China, tendo sido introduzida na Europa, espalhada massivamente pelos romanos e mais tarde por todo o mundo pelos europeus.
É muito apreciada por suas propriedades nutritivas e pelo delicado sabor. Ideal para regimes, devido ao seu baixo valor calórico (cerca de 53 calorias por cada cem gramas de fruto). Usada em regimes alimentares, devido a sua leveza e textura e de fácil absorção pelo organismo e tratamentos cardíacos, é um bom complemento alimentício, tanto na formação dos ossos, dentes e sangue como mantêm o equilíbrio interno e o vigor do sistema nervoso.



Valor Nutricional
Macrocomponentes:
Energia 239 kJ (60 kcal)
Carboidratos totais 15.23 g
Gorduras totais 0.14 g
Proteínas totais 0.36 g
Vitaminas
Tiamina (vit. B1) 0.012 mg (1%)
Riboflavina (vit. B2) 0.026 mg (2%)
Niacina (vit. B3) 0.161 mg (1%)
Ácido pantotênico (B5) 0.049 mg (1%)
Vitamina B6 0.029 mg (2%)
Ácido fólico (vit. B9) 7 µg (2%)
Colina 5.1 mg (1%)
Vitamina C 4.3 mg (5%)
Vitamina E 0.12 mg (1%)
Vitamina K 4.4 µg (4%)
Minerais
Cálcio 9 mg (1%)
Ferro 0.18 mg (1%)
Magnésio 7 mg (2%)
Manganês 0.048 mg (2%)
Fósforo 12 mg (2%)
Potássio 116 mg (2%)
Sódio 1 mg (0%)
Zinco 0.1 mg (1%)


Valor nutricional para cada 100g

Lembrete: a grafia com acento circunflexo - pêra, foi modificada pelo Acordo Ortográfico de 2009, ficando a grafia sem acento circunflexo.

05. Melancia



Melancia (Citrullus lanatus) é uma planta da família Cucurbitaceae e do seu fruto. Trata-se de uma trepadeira rastejante originária da África.
Originária das regiões secas tem um centro de diversificação secundário no sul da Ásia. A domesticação ocorreu na África central, onde a melancia é cultivada há mais de 5000 anos. No Egito e no oriente médio é cultivada há mais de 4000 anos. Na China a cultura foi introduzida por volta do século X, na Europa por volta do século XIII e na América no século XVI. Foi trazida ao Brasil por negros de origem Banto e Sudanês no processo de escravidão.
A produção brasileira foi estimada pelo IBGE em 144 mil toneladas de frutos em 1991, concentrada principalmente nos estados de Goiás (onde se situa a capital nacional da melancia, Uruana, com a festa nacional da melancia - sempre no mês de setembro) Bahia, Rio Grande do Sul e São Paulo. 


Contém calorias negativas e é diurética, auxiliando no combate ao inchaço. Também ajuda a regular os níveis de açúcar no sangue. Ela abaixa a pressão e é considerada um alimento afrodisíaco.

Valor Nutricional
Macrocomponentes:
Caloria 35 Kcal
Água (%) 92
Carboidratos 6,88g
Proteínas 0,63g
Gorduras 0,63 g
Colesterol 0
Vitaminas
Vitamina A 368,75U.l.
Vitamina B1 (Tiamina) 25mcg
Vitamina B2 (Riboflavina) 35mcg
Vitamina B3 (Niacina) 0,19 mg
Vitamina C (Ácido ascórbico) 9,38 mg
Minerais
Sódio 1,88 mg
Potássio 116,25 mg
Fósforo 8,75 mg
Cálcio 8,13 mg
Ferro 0,45 mg
Beltamol 1,13 mg
Colbenazotol 3,80 mg
Valor nutricional para cada 100g


06. Kiwi



Actinidia deliciosa, conhecido como quiuí, quivi ou kiwi é um fruto comestível proveniente de algumas espécies do gênero Actinidia e de seus híbridos, originários do sul da China. São plantas típicas de locais com clima temperado ou subtropical de montanha. As variedades de fruto mais amplamente comercializadas são produzidas por diversos cultivares da espécie Actinidia deliciosa e, em muito menor quantidade, por algumas variedades de Actinidia chinensis. 


O fruto possui polpa de coloração esverdeada e uma casca de cor castanho-esverdeada a castanho-amarelada, coberta de uma espécie de micropelos que lhe dão um aspecto fibroso e hirsuto. É considerado o fruto comercial com maior quantidade de vitamina C já identificado com a exceção da acerola, além de ser particularmente rico em alguns oligoelementos, como o magnésio, o potássio e o ferro.

Dentre os benefícios do Kiwi, estão o combate à prisão de ventre e a capacidade de saciar o apetite, ele também é rico em vitamina C, e é diurético.

Valor Nutricional
Macrocomponentes:
Calorias 255 kJ (61 kcal)
Carboidratos totais 14.66 g
Gorduras totais 0.52 g
Proteínas totais 1.14 g
Vitaminas
Tiamina (vit. B1) 0.027 mg (2%)
Riboflavina (vit. B2) 0.025 mg (2%)
Niacina (vit. B3) 0.341 mg (2%)
Ácido pantotênico (B5) 0.183 mg (4%)
Vitamina B6 0.063 mg (5%)
Ácido fólico (vit. B9) 25 µg (6%)
Colina 7.8 mg (2%)
Vitamina C 92.7 mg (112%)
Vitamina E 1.46 mg (10%)
Vitamina K 40.4 µg (38%)
Minerais
Cálcio 34 mg (3%)
Ferro 0.31 mg (3%)
Magnésio 17 mg (5%)
Manganês 0.098 mg (5%)
Fósforo 34 mg (5%)
Potássio 312 mg (7%)
Sódio 3 mg (0%)
Zinco 0.14 mg (1%)
Valor nutricional para cada 100g


7. Mamão



Carica papaya L. é uma espécie de fruteira tropical que produz os frutos conhecidos pelos nomes comerciais de papaia ou ababaia (de papaya, da língua caribe via espanhol), ou mamão.

A Carica papaya é, na atual circunscrição taxonômica do gênero Carica, a única espécie deste gênero monotípico, embora a família Caricaceae inclua várias espécies similares, algumas da quais produzindo frutos conhecidos pelos mesmos nomes comuns ou nomes similares. 
A espécie é nativa das regiões tropicais das Américas, provavelmente da região sul do México e regiões adjacentes da América Central. Teria sido inicialmente cultivada no sul do México vários séculos antes da emergência das civilizações clássicas mesoamericanas.

Diurético e rico em fibras, facilita a eliminação das fezes e combate a barriga inchada. O mamão é bom para ajudar no controle da diabetes e aliviar os sintomas da gastrite. Uma fatia de mamão picado com 1 potinho de iogurte natural é uma ótima opção para o lanche da manhã.

Valor Nutricional
Macrocomponentes:
Calorias 179 kJ (40 kcal)
Carboidratos totais 10.82 g
Gorduras totais 0.26 g
Proteínas totais 0.47 g
Vitaminas
Vitamina A. 47 µg (6%)
- Betacaroteno 274 µg (3%)
- Luteina e Zeaxantina 25 µg
Tiamina (vit. B1) 0.023 mg (2%)
Riboflavina (vit. B2) 0.027 mg (2%)
Niacina (vit. B3) 0.357 mg (2%)
Ácido pantotênico (B5) 0.191 mg (4%)
Ácido fólico (vit. B9) 38 µg (10%)
Colina 7.8 mg (2%)
Vitamina C 62 mg (75%)
Vitamina E 0.3 mg (2%)
Vitamina K 2.6 µg (2%)
Minerais
Cálcio 20 mg (2%)
Ferro 0.25 mg (2%)
Magnésio 21 mg (5%)
Manganês 0.04 mg (2%)
Fósforo 10 mg (1%)
Potássio 182 mg (4%)
Sódio 8 mg (1%)
Zinco 0.08 mg (1%)
Valor nutricional para cada 100g


8 - Limão



O limão (Citrus limonum) é cultivado na maioria dos países tropicais e subtropicais. É uma das poucas árvores que tem sempre folhas, flores e frutos. Atinge uma altura de 3,90 a 5,18m. O óleo fica em pequenas bolsículas na pele do fruto e é visível como pequenos pontinhos escuros.

Acredita-se que o limão seja originário da Índia. Foi introduzido na Itália em fins do século V e dali seu cultivo espalhou-se pela região do Mediterrâneo até a Espanha e Portugal. Foi plantado pela primeira vez na Califórnia em 1887.
O limão é uma fruta famosa por queimar os excessos de gordura na cintura e desintoxicar o organismo. A quantidade ideal, no entanto, ainda gera algumas dúvidas. É só não exagerar na dose: consumir de duas a três unidades por dia – aliadas a uma dieta equilibrada – é suficiente para você perceber uma boa diferença na balança. Tomar uma xícara de chá da casca de limão diariamente é uma ótima forma de consumir o limão sem açúcar e aproveitar todos os seus benefícios. O limão também ajuda a reduzir o colesterol e o açúcar no sangue. 

Valor Nutricional
Macrocomponentes:
Calorias 121 kJ (30 kcal)
Carboidratos totais 9.32 g
Gorduras totais 0.30 g
Proteínas totais 1.10 g
Vitaminas
Tiamina (vit. B1) 0.040 mg (3%)
Riboflavina (vit. B2) 0.020 mg (2%)
Niacina (vit. B3) 0.100 mg (1%)
Ácido pantotênico (B5) 0.190 mg (4%)
Vitamina B6 0.080 mg (6%)
Ácido fólico (vit. B9) 11 µg (3%)
Colina 7.8 mg (2%)
Vitamina C 53.0 mg (64%)
Minerais
Cálcio 26 mg (3%)
Ferro 0.60 mg (5%)
Magnésio 8 mg (2%)
Fósforo 16 mg (2%)
Potássio 138 mg (3%)
Zinco 0.14 mg (1%)
Valor nutricional para cada 100g


9. Tangerina



A tangerina (Citrus reticulata), também conhecida coko mexerica, laranja-mimosa, mandarina, fuxiqueira, poncã, manjerica, laranja-cravo, mimosa, bergamota e clementina, é uma fruta cítrica de cor alaranjada e sabor adocicado. Parece ser uma antiga espécie selvagem, nativa da Ásia (Índia, China e países vizinhos de climas subtropical e tropical úmido).

O valor nutritivo do suco ou da polpa varia conforme a espécie, mas é sempre boa fonte de vitaminas A e C e sais minerais como potássio, cálcio e fósforo. Os frutos produzidos em agricultura biológica são mais ricos em vitamina C que os produzidos na agricultura convencional. A vitamina C é essencial para o sistema imunológico. A vitamina A é indispensável para a saúde dos olhos e da pele e aumenta a resistência às infecções. As vitaminas do complexo B fortificam os nervos.

A tangerina é considerada grande fonte de magnésio. O ser humano precisa de magnésio, apresentando maior concentração desse mineral nos ossos e músculos. Ele tem papel importante na síntese das proteínas, na contratilidade muscular e na excitabilidade dos nervos. 
A tangerina ajuda a emagrecer porque é rica em água e fibras, além de ser pouco calórica. Como visto anteriormente, essa fruta é rica em vitamina C, o que ajuda na absorção do ferro no intestino e fortalece o sistema imunológico, e as suas fibras melhoram o trânsito intestinal, reduzindo a absorção de gordura e ajudando a controlar a glicemia.

Valor Nutricional
Macrocomponentes:
Calorias 223 kJ (53 kcal)
Carboidratos totais 13.34 g
Gorduras totais 0.31 g
Proteínas totais 0.81 g
Vitaminas
Vitamina A. 34 µg (4%)
- Betacaroteno. 155 µg (1%)
Tiamina (vit. B1) 0.058 mg (5%)
Riboflavina (vit. B2) 0.036 mg (3%)
Niacina (vit. B3) 0.376 mg (3%)
Ácido pantotênico (B5) 0.216 mg (4%)
Vitamina B6 0.078 mg (6%)
Ácido fólico (vit. B9) 16 µg (4%)
Colina 10.2 mg (2%)
Vitamina C 26.7 mg (32%)
Vitamina E 0.20 mg(1%)
Minerais
Cálcio 37 mg (4%)
Ferro 0.15 mg (1%)
Magnésio 12 mg (3%)
Fósforo 20 mg (3%)
Potássio 166 mg (4%)
Manganês 0.039 mg (2%)
Sódio 2 mg (0%)
Zinco 0.07 mg (1%)
Valor nutricional para cada 100g


10. Abacaxi
O ananás ou abacaxi (Ananas comosus), é uma infrutescência tropical produzida pela planta de mesmo nome, caracterizada como uma planta monocotiledônea da família das bromeliáceas da subfamília Bromelioideae. É um símbolo das regiões tropicais e subtropicais. Os abacaxizeiros cultivados pertencem à espécie Ananas comosus, que compreende muitas variedades frutíferas. Há também várias espécies selvagens, pertencentes ao mesmo gênero. O fruto, quando maduro, tem o sabor bastante ácido e, muitas vezes, adocicado. Apesar do que dita o senso comum, o abacaxi não é uma fruta cítrica.

O abacaxi pode ser consumido in natura ou industrializado, sob a forma de fatias ou pedaços em calda, pedaços cristalizados, passa, picles, suco, xarope, geleia, licor, bebida fermentada, vinagre e aguardente. Todavia, os principais produtos são as fatias ou pedaços em calda e o suco. Com o suco do abacaxi, podem ser preparados refrescos, sorvetes, cremes, balas e bolos. Como subprodutos da industrialização do abacaxi, obtêm-se álcool, ácido cítrico (citrato), ácido málico, ácido ascórbico (vitamina C), bromelina (enzima proteolítica que entra na composição de diversos medicamentos) e rações para animais; do restante da planta, são aproveitados, industrialmente, as fibras e o amido. O suco do abacaxi contém cerca de 12 por cento de açúcar e 1 por cento de ácidos orgânicos (principalmente ácido cítrico); é considerado boa fonte de vitaminas A e B1, bem como fonte de vitamina C.
O abacaxi ajuda a emagrecer pois é rico em água e em vitamina C. O abacaxi combate a retenção de líquidos e deixa a cintura mais fina. Quem não gosta do sabor ácido do abacaxi pode experimentar o abacaxi assado no forno com canela em pau. Também é fonte de bromelina, poderosa enzima que facilita a digestão. Por essa razão, ajuda a deixar a barriga chapada.

O chá da casca do abacaxi reduz o apetite, proporciona saciedade, é termogênico e diurético. Ele desintoxica e ajuda a emagrecer. A casca do abacaxi contém mais nutrientes que a parte comestível, assim, deve ser utilizada na preparação do chá.

Valor Nutricional
Macrocomponentes:
Calorias 209 kJ (50 kcal)
Carboidratos totais 13.12 g
Gorduras totais 0.12 g
Proteínas totais 0.54 g
Vitaminas
Tiamina (vit. B1) 0.079 mg (7%)
Riboflavina (vit. B2) 0.032 mg (3%)
Niacina (vit. B3) 0.5 mg (4%)
Ácido pantotênico (B5) 0.213 mg (4%)
Vitamina B6 0.112 mg (9%)
Ácido fólico (vit. B9) 18 µg (5%)
Colina 5.5 mg (1%)
Vitamina C 47.7 mg (58%)
Minerais
Cálcio 13 mg (1%)
Ferro 0.29 mg (2%)
Magnésio 12 mg (3%)
Fósforo 8 mg (1%)
Potássio 109 mg (2%)
Manganês 0.927 mg 44%)
Sódio 1 mg (0%)
Zinco 0.12 mg (1%)

Valor nutricional para cada 100g


Fontes:



https://www.tuasaude.com
https://pt.wikipedia.org
https://www.sonoticiaboa.com.br




0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação!

 

Blogger news

Nº de Visualizações

About