Pages

Mais Visualizados

Boa-noite - Catharanthus roseus.

A Catharanthus roseus é uma planta rústica e pouco exigente nativa e endêmica de Madagáscar. Na natureza selvagem esta espécie se encontra em processo de extinção, isso por causa da destruição do habitat pela queima e a agricultura.

Flores do Nordeste

Algumas flores encontradas no Nordeste.

Cica - Cycas revoluta

As Cycas, único gênero nessa família, são verdadeiros fósseis vivos, tendo sido muito abundantes no período jurássico.

Mucunã - Mucuna pruriens

A mucunã é uma planta pertencente à família Fabaceae. É conhecida popularmente como mucunã, mucunã-de-caroço e olho-de-boi, e encontra-se distribuída nas regiões de Planta proveniente da Índia, reconhecida pelas suas propriedades afrodisíacas.

Noni - Morinda citrifolia

O Noni contém muitos alcalóides que ajudam ao corpo humano a regenerar as cédulas danificadas e a incrementar as defesas do mesmo, de forma natural.

terça-feira, 25 de junho de 2019

5 Animais com cores bem diferentes!

1. Pavão azul e branco:


Normalmente, as cores vívidas de algumas aves possuem o intuito de atrair um parceiro. No caso dos pavões não é diferente: a enorme cauda colorida dos machos serve para conquistar a fêmea. O exemplar desta foto, porém, possui uma curiosa anomalia genética que, apesar de impressionar os humanos, deve diminuir suas chances de acasalamento, já que ele tem apenas metade das plumas coloridas, enquanto a outra parte é albina.

2. Esperança rosa:


Popularmente conhecidos como “esperanças”, esse tipo de grilo é bastante comum na América do Norte na coloração original, a verde. Porém, a população de insetos rosa está crescendo rapidamente, desde sua descoberta em 1874.

3. Lobo-marinho-antártico:


Com um ancestral comum com os ursos e os cães, o lobo-marinho-antártico se difere de outras espécies semelhantes pela quantidade de pelos que possui. Além disso, um a cada mil desses animais possui uma coloração mais clara, como o da foto abaixo.

4. Lagosta Bicolor:


A lagosta albina é a mais rara de todas, aparecendo apenas uma vez a cada 100 milhões de indivíduos. Já a que mistura as cores vermelha e azul ou amarela e preta é um “pouquinho” mais comum, com um nascimento a cada 50 milhões. Essa bicolores também são hermafroditas, com os órgãos sexuais masculinos de um lado e os femininos do outro.

5. Hipopótamo rosa:


Em 2015, um raríssimo hipopótamo rosa foi fotografado na natureza, no Quênia. Eles não são albinos, mas apresentam uma condição chamada leucismo, que é quando o corpo do animal produz pigmentos de cor muito abaixo do comum, resultando em “buracos” na coloração padrão do bichinho.

Fonte: 
https://www.megacurioso.com.br

 

Blogger news

Nº de Visualizações

About