Pages

Mais Visualizados

Boa-noite - Catharanthus roseus.

A Catharanthus roseus é uma planta rústica e pouco exigente nativa e endêmica de Madagáscar. Na natureza selvagem esta espécie se encontra em processo de extinção, isso por causa da destruição do habitat pela queima e a agricultura.

Flores do Nordeste

Algumas flores encontradas no Nordeste.

Cica - Cycas revoluta

As Cycas, único gênero nessa família, são verdadeiros fósseis vivos, tendo sido muito abundantes no período jurássico.

Mucunã - Mucuna pruriens

A mucunã é uma planta pertencente à família Fabaceae. É conhecida popularmente como mucunã, mucunã-de-caroço e olho-de-boi, e encontra-se distribuída nas regiões de Planta proveniente da Índia, reconhecida pelas suas propriedades afrodisíacas.

Noni - Morinda citrifolia

O Noni contém muitos alcalóides que ajudam ao corpo humano a regenerar as cédulas danificadas e a incrementar as defesas do mesmo, de forma natural.

quinta-feira, 16 de novembro de 2017

A Beleza Inesperadas de Alguns Insetos


Hoje reproduzimos aqui uma postagem do site Megacurioso que retrata a beleza inesperada de alguns insetos.

O que vem à sua mente quando você pensa em insetos? A maioria das pessoas não curte muito a companhia de bichinhos e associa a sua existência com picadas, fobias, pragas e à transmissão de doenças. Pois se você é da turminha que simplesmente morre de pavor de criaturas dotadas de antenas, várias patinhas e asas, talvez a coleção de imagens que vamos compartilhar o ajude a ver os insetos com outros olhos.
De acordo com o pessoal do Photogrist, as fotos fazem parte de um livro lançado pelo fotógrafo Levon Biss chamado “Microsculpture: Portraits of Insects” — “Microescultura: Retratos de Insetos” em tradução livre — no qual ele explora a surpreendente (e até inesperada) beleza dessas criaturas. Veja um exemplo a seguir:

Besouro da espécie Sternotomis sp. nativo da Nigéria (Levon Biss)

Microesculturas

Para conseguir capturar o nível de detalhamento que podemos ver nas fotos, Levon usou uma câmera de 36 megapixels com uma lente de microscópio capaz de magnificar as imagens em 10 vezes acoplada a uma objetiva de distância focal fixa de 200 milímetros. Além disso, cada fotografia é composta por entre oito e 10 mil cliques — que foram combinados em um processo que durou entre duas e três semanas para ser concluído. Por foto!

O resultado, no entanto, é espetacular e impressionante, como você poderá comprovar abaixo, e consiste em imagens de altíssima resolução e superdetalhadas que você pode explorar no site do fotógrafo — através deste link. Mas, enquanto isso, que tal dar uma olhada em alguns registros obtidos por Levon?

 Inseto nativo de Belize — Cladonata sp. — da família Membracidae (Levon Biss)

Besouro da espécie Stenocara eburnea — que pode ser encontrado no Deserto da Namíbia, na África (Levon Biss)

 Besouro da espécie Lepidochora porti (Levon Biss)

Besouro da espécie Carabus (Coptolabrus) elysii (Levon Biss

Mariposa da espécie Pringleophaga marioni, endêmica das Ilhas do Príncipe Eduardo, localizadas a sudeste do Cabo da Boa Esperança, no Índico (Levon Biss)

Abelha da espécie Exaerete frontalis — também conhecida como abelha-das-orquídeas (Levon Biss)

Besouro da espécie Helictopleurus splendidicollis(Levon Biss) 

Inseto da espécie Membracis sp (Levon Biss)

Besouro da espécie Belionota sumptuosa, nativa da Indonésia (Levon Biss)

Se você tiver curiosidade em conhecer melhor o trabalho de Levon, não deixe de conferir o vídeo (em inglês) a seguir, onde é possível ver um pouquinho do processo que ele emprega para clicar suas imagens, e de explorar todos os detalhes das fotos em altíssima resolução em seu site!

Fonte: https://www.megacurioso.com.br/







 

Blogger news

Nº de Visualizações

About