Natureza Estranha 01: Peixe de Batom Vermelho

Olá amantes da natureza. Hoje estamos iniciando uma série onde mostraremos alguns bichos estranhos existentes na natureza.

Iniciando nossa série, trazemos hoje o exótico Ogcocephalus darwini, conhecido como Peixe-Morcego dos lábios vermelhos ou peixe-morcego das Galápagos:

O Ogcocephalus darwini é um peixe de morfologia incomum encontrado ao redor das Ilhas Galápagos e ao largo do Peru a profundidades de 3 a 76 m. Os peixes-morcego-de-lábios-vermelhos estão intimamente relacionados aos peixes-morcego-de-lábios-rosados (Ogcocephalus porrectus), que são encontrados perto da Ilha de Cocos, na costa do Pacífico da Costa Rica. 

Este peixe é conhecido principalmente por seus lábios vermelhos brilhantes. Os "Batfish" não são bons nadadores; eles usam suas nadadeiras peitorais, pélvicas e anal altamente adaptadas para "andar" no fundo do oceano. Quando o peixe-morcego atinge a maturidade, sua barbatana dorsal torna-se uma única projeção em forma de espinho (projetada para funcionar principalmente como uma isca para a presa).

Dieta


A espécie é piscívora / invertívora , alimentando-se principalmente de outros pequenos peixes e pequenos invertebrados, incluindo camarões, caranguejos, minhocas e moluscos.


Corpo


A cor do corpo do peixe-morcego de lábios vermelhos é castanho claro e acinzentado no dorso, com contra-sombreado branco na parte inferior. Na parte superior do peixe-morcego costuma haver uma faixa marrom-escura começando na cabeça e descendo pelas costas até a cauda. O focinho e o chifre são de cor acastanhada. Como o nome do peixe indica, esta espécia de peixe-morcego tem lábios vermelhos brilhantes, quase fluorescentes. A cor da escamação é semelhante a um shagreen, com uma textura relativamente lisa. As brânquias são ocultadas por uma camada de finos espínulos.

Quando comparado com o porrectus, o peixe-morcego de lábios vermelhos tem um perímetro de disco mais curto, mas maior contagem de raios da barbatana peitoral de fibra. Com relação ao número de escamas ao longo da lateral, há de quatro a nove escamas suboperculares, seis a nove na bochecha, geralmente. O peixe-morcego de lábios vermelhos tem cerca de 19-20 vértebras e pode atingir até 40 cm de comprimento. 

No topo de seu ilício está uma esca. A esca emite uma luz brilhante e como esses peixes vivem em águas profundas, a luz atrai outros peixes para onde o peixe-morcego está posicionado. O esca atrai a presa para o peixe-morcego, que então permite que ele coma as pequenas criaturas que caem em sua armadilha.
Os biólogos marinhos acreditam que os lábios vermelhos brilhantes possam ser usados ​​para aumentar o reconhecimento das espécies durante a desova.

Habitat


Como citado antes, o peixe-morcego de lábios vermelhos pode ser encontrado em profundidades de 3 a 76 m, no Oceano Pacífico ao redor das Ilhas Galápagos e ao largo do Peru. Foi observado antes que alguns espécimes de peixe-morcego de lábios vermelhos foram encontrados em redes de peixes na Califórnia, mas todos esses tipos de avistamentos são extremamente raros e podem muito bem ser outro tipo de peixe-morcego. Eles são habitantes do fundo, então geralmente são encontrados na areia ou no fundo do oceano. Embora sejam considerados seres de águas rasas, ocasionalmente podem ser encontrados em águas profundas. Eles tendem a se associar às bordas dos recifes de até cerca de 120 m de profundidade. 

Predadores

O peixe-morcego-de-lábios-vermelhos não tem ameaças diretas conhecidas. No entanto, o aumento da temperatura do mar e o branqueamento dos corais podem representar uma ameaça, pois alteram o habitat natural e podem causar um declínio na disponibilidade de uma fonte natural de alimento. 

Fontes:

https://wikipedia.org/


https://www.fishbase.se
https://biogeodb.stri.si.edu












Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Boa-noite - Catharanthus roseus.

Xique-Xique (Pilocereus gounellei)