Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2011

Ingazeira - Ínga edulis Mart

Imagem
CARACTERÍSTICAS GERAIS:
As espécies comestíveis de ingá produzem frutos em vagem, grandes e verdes, com sulcos no sentido comprido, que podem atingir até 1m de comprimento. A polpa é branca, levemente fibrosa e adocicada, bastante rica em sais minerais. Em geral, ela é consumida ao natural, pois não se presta a preparações culinárias. Também é usada na medicina caseira, sendo útil no tratamento da bronquite (xarope) e como cicatrizante (chá).

Nome popular: ingá-da-praia; ingá-verdadeiro
Nome científico: Ínga edulis Mart
Família botânica: Leguminosae - Mimosoideae
Origem: Brasil


CARACTERÍSTICAS DA PLANTA
Árvore de grande porte que pode atingir 15m de altura. Folhas divididas em 6 a 8 folíolos presos a uma haste folhosa com pilosidade de coloração ferrugíneo-tomentosa. Flores aglomeradas de coloração branco-esverdeada. Floresce quase o ano todo.
FRUTO Longo, linear, podendo atingir até I m de comprimento, de coloração verde-pardacenta. Polpa branca, fibrosa que envolve sementes pretas. Frutifica…

Cássia do Nordeste (Acássia) - Senna Spectabilis

Imagem
Nome Científico: Senna Spectabilis Nome Popular: Cássia do Nordeste, Acássia, Tula-de-Besouro, Canafístula-de-Besouro e Pau-de-Ovelha Família: Fabáceas (a mesma do Pau-brasil Divisão: Caesalpioideae Origem: Brasil Bioma: Caatinga Ciclo de Vida: Perene
Essa árvore atinge de 6 a 9m de altura,suas folhas são compostas pinadas e suas flores amarelas,dispostas em inflorescências terminais. ela floresce durante os meses de dezembro a abril. já o seu fruto é do tipo legume cilíndrico indeiscente e amadurecem nos meses de agosto até setembro. a Cássia-do-nordeste como o próprio nome diz, ocorre na região nordeste do Brasil,no bioma Caatinga. Essa planta ocorre na caatinga do RN. como sua madeira é mole e relativamente pequena,ela é aproveitada apenas para confeccionar objetos leves, como por exemplo caixotes e como lenha e carvão.



Utilidades:Caixotaria, Carvão, Florada Atraente, Lenha, Uso Ornamental; Madeira:Moderadamente pesada, mole, pouco compacta, moderadamente durável quando protegida da umidade…

Boa-noite - Catharanthus roseus.

Imagem
Hoje, a pedidos do meu amigo Silvio César, vamos postar sobre a rústica beleza da Boa-noite.
Nome Científico: Catharanthus roseus Sinonímia: Vinca rosea, Ammocallis rosea Nome Popular: Vinca, vinca-de-gato, vinca-de-madagascar, boa-noite, maria-sem-vergonha, bom-dia Família: Apocynaceae Divisão: Angiospermae Origem: Cosmopolita Tropical Ciclo de Vida: Perene
A Catharanthus roseus é uma planta rústica e pouco exigente nativa e endêmica de Madagáscar. Na natureza selvagem esta espécie se encontra em processo de extinção, isso por causa da destruição do habitat pela queima e a agricultura. Mesmo assim, a Boa-noite está sendo cultivada em todos os lugares que apresentam um clima tropical e subtropical e está ocorrendo um processo de naturalização nesses novos lugares.

A Boa-noite é uma das plantas medicinais mais extensivamente estudadas. Além de planta ornamental, sua importância se deve à produção e acúmulo de alcalóides bisindólicos nas folhas (vimblastina e vincristina), utilizados no tratame…

Mangueira - Mangifera indica L.

Imagem
1.Introdução A mangueira, Mangifera indica L., planta da família Anacardiaceae, originária da Índia é uma planta de distribuição tropical, capaz de se desenvolver com êxito em regiões subtropicais. A manga ocupa o quinto lugar entre os frutos tropicais no mercado internacional; os quatro primeiros são banana, citros, abacaxi e castanha de caju (GALAN, 1993). Até o presente momento, 94 países são produtores de manga, sendo uma das culturas mais cultivadas no mundo (SCHAFFER et al., 1994).
A maior aproveitamento do fruto tem sido na forma "in natura" ou processados na foram de suco, compotas, entre outras. Em adição, as folhas bem como o tronco (madeira) podem ser aproveitados nas indústrias farmacêuticas e madeireira, consecutivamente. 


A mangueira foi introduzida no Brasil, proveniente do continente Africano, pelos portugueses, no século XVI. Depois de um longo período sem desfrutar de maior prestígio, possivelmente pela fartura com que era encontrada em pomares domésticos, a m…